Barbotina

Barbotina

O bombeamento da barbotina é um problema comum no setor de cerâmica. A consistência da barbotina deve ser mantida nos níveis corretos para eficiência da produção e qualidade do produto. Isso tem sido um grande desafio em função da natureza abrasiva da barbotina. No entanto, a cada dia mais fabricantes de cerâmica estão descobrindo a solução.

Um deles é a líder mundial no setor de material de construção, a Pilkington Tiles, que tem hoje dezesseis bombas de mangueira Bredel controlando a barbotina em cada estágio do processo de fabricação, levando-a dos misturadores ao atomizador. Duas bombas manuseiam a barbotina retrabalhada de produto de refugo, uma terceira bomba leva-a do tanque de retrabalho a uma peneira vibratória, e uma quarta bombeia o produto filtrado de volta para os tanques de alimentação do atomizador. No último estágio, outra bomba SP40 bombeia o resíduo dos atomizadores para uma instalação de tratamento de efluentes.

De modo geral, desde a instalação das bombas de mangueira Bredel, a Pilkington tem observado uma diminuição na paralisação, uma redução dos custos de peças de reposição e uma melhoria geral dos padrões de qualidade. Um bônus inesperado foi a considerável redução dos custos de energia onde as bombas de mangueira substituíram as bombas centrífugas com revestimento de borracha.

 

Mais sobre bombas de mangueira Bredel

  • Encontre um produto

  • Encontrar um contato local

  • Ajuda e recomendações

    Para obter ajuda por favor contate-nos em:

    Telefone: +55 (11) 2155-4000

    Fax: +55 (11) 2155-4001

    E-mail

Bombas Watson-Marlow para cerâmica

Mangueiras Watson-Marlow para cerâmica